We've updated our Terms of Use. You can review the changes here.

Os Segredos Do Espaço e Tempo

by Futuro

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.
    Purchasable with gift card

      name your price

     

1.
Gestalt 02:37
Criação de um enredo Por associação incompleta Sistema de crenças Em consciência paralela Tudo imediato Correndo contra o tempo Erro imediato Concessões à liberdade Numa corrida por identidade Socialmente mascaramos Cada vez mais e mais verdades Tudo imediato Correndo contra o tempo Erro imediato Enxergando o mecanismo do apego A invenção que você realmente é Fertilizado, estimulado e levado À batalha existencial English: The creation of a plot By incomplete association Systems of belief In parallel consciousness Everything's immediate Running against time Immediate mistake Concessions to freedom In a race for identity Socially we disguise More and more truths Seeing the mechanism of attachment The invention of what you really are Fertilized, stimulated and taken to The existential battle
2.
O conhecimento indo às mãos erradas Zero controle mental mas com domínio da máquina Filtro degenerado da própria imagem A muleta líquida da auto-sabotagem Convenções contrárias e transmutação da culpa Não há vitória e a satisfação é curta Qual mentira? Qual mentira você acredita? Qual mentira que te atira? Na prisão material da vida A qual o homem estima Mas está perdendo a cada dia O fluxo da própria vida Não é mentira ENGLISH: Knowledge falling into the wrong hands Zero mind control but with domain of the machine A degenerated filter of ones own image The liquid crutch of self-sabotage Opposite conventions and transmutation of guilt There's no victory and satisfaction is short Which lie? Which lie do you believe in? Which lie pushes you? Into the material prison of life Which men praise But loses every day The flux of one's own life Is no lie
3.
Mandamentos 02:36
A honra é só o que resta Se não há mais o que defender Vigiando o seu território Quando nada mais pertence a você Delírio privado Egoísmo coletivo Espaços demarcados Por um mundo morto-vivo Portões cheios de cadeados No peito, a camisa Apoiando-se em farsas Seguindo sempre adiante enquanto agoniza Delírio privado Egoísmo coletivo Espaços demarcados Por um mundo morto-vivo Palavras, imagens, o ar ou o chão O peso das pedras nas mãos De quem preserva uma reputação Pertencimento, uma ilusão Feliz se sobra um lugar para você Se enraizando até adoecer Um nome, um arame farpado Trabalho, família, igreja e Estado ENGLISH: Honor is all that's left If there's nothing else to lose Guarding your territory When nothing else belongs to you Private delirium Collective egoism Spaces demarcated By a zombie world Gates full of locks The shirt on one's chest Clinging on to farces Moving forward while agonizing Words, images, the air or the ground The weight of the stones in the hands Of those with a reputation to preserve Belonging, an illusion Private delirium Collective egoism Spaces demarcated By a zombie world Happy if there's a spot left for you Creating roots while languishing A name, a piece of barbed wire Work, family, church and state
4.
The common sense of normality We are just walking bodies Accepting undefined definitions Masking our own thoughts Living in times of desperation Failure growing inside of us Robotic actions, caged minds Pick the right death sentence While they laugh in your face Is it really worth it to try to escape? Living in times of desperation Failure growing inside of us Is knowledge your guide? Or are you just hostage to it? The world around us destroys the world inside of us PORTUGUÊS: O senso comum da normalidade Somos só corpos ambulantes Aceitando definições indefinidas Mascarando nossos próprios pensamentos Vivendo em tempos de desespero Fracasso crescendo dentro de nós Ações robóticas, mentes acorrentadas Escolhem a sentença de morte correta Enquanto riem na nossa cara Vale mesmo a pena tentar escapar? Vivendo em tempos de desespero O fracasso crescendo dentro de nós O conhecimento é nosso guia? Ou somos reféns dele? O mundo em volta de nós Destrói o mundo dentro de nós
5.
Seduzido olhando para si Esperando a hora de subir Busca constante de algum lugar à beira lugar nenhum Vida líquida Praticando os mesmos esquemas Sendo mais uma parte do problema Imaginando quando triunfar Espera o seu lixo evaporar Doente, sem face Doente, reage À um doente disfarce Rebeldes sem revolução Descarte e desintegração Energia condicionada Uma farsa sem existência exata ENGLISH: Liquid Life Seduced, looking at yourself Waiting for the time to resurface The constant search for a place On the edge of nowhere Liquid life Practicing the same schemes Being another part of the problem Imagining the time of your triumph Waiting for your trash to evaporate Sickly, faceless Sickly, reacts To a sick disguise Rebels without a revolution Disposal and disintegration Conditioned energy A farce with no exact existence
6.
(Originally by The Dovers, 1966) Unlocked by the key And now I am free Magic curtains of green and blue lights pass by Moon and sky No wings for my flight I drift through the night Understanding the secrets of space and time The third eye PORTUGUÊS: O Terceiro Olho A chave me destrancou E agora sou livre Cortinas mágicas azuis e verdes passam Lua e céu Sem asas para o meu vôo Eu vago pela noite Entendendo os segredos do espaço e tempo O terceiro olho

about

Recorded / Gravado - 07/2018 (instrumental), 03/2019 (vocal)
By/por Thiago Babalu @ Estudio daMata, São Paulo.
Mix - 2020, Pedro Carvalho
Artwork by Flávio Bá

credits

released September 14, 2020

Camila Leão - Vocals
Pedro Carvalho - Guitar, vocals
Flávio Bá - Bass
Cauê Xopô - Drums

license

tags

about

Futuro São Paulo, Brazil

contact / help

Contact Futuro

Streaming and
Download help

Report this album or account

Futuro recommends:

If you like Futuro, you may also like: